Uruguaiana
Jornal de Hoje

Exposição Braford da Argentina tem grande participação gaúcha

05 Junho 2018 13:45:00

Gabriela Barcellos
Foto: Divulgação

Entre os dias 30/5 e 2/6, a Sociedade Rural de Corrientes (Argentina) recebeu a XVI Exposição Nacional Braford e VII Exposição Nacional de Terneiros da Argentina. O evento contou com um a participação de um time de técnicos, sócios e criadores brasileiros de Hereford e Braford, representando a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), que de acordo com a entidade, viajaram ao país vizinho com o objetivo de compartilhar experiências e ver de perto o contexto da raça que mais cresce na Argentina. O grupo participou da mostra e julgamento de animais rústico e argola, e de mais uma reunião da Federação Braford do Mercosul (FBM). A comitiva brasileira foi encabeçada pelo presidente da ABHB, Luciano Dornelles de Dorneles.

Dorneles disse que o volume de animais, que somou cerca de 540 inscritos, e a padronização dos lotes foram o destaque desta edição. "Ficamos muito impressionados com a mobilização dos criadores argentinos, o que resultou em um público excelente e mais de 500 animais em pista".

Cerca de 30 criadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná participaram do evento o que foi avaliado como: "temos a cultura e a tradição de garimpar genética e a Nacional de Corrientes, pela grandeza da mostra, reúne o melhor da raça Braford na Argentina, o que torna a Exposição uma oportunidade singular de conhecimento e comparativo das diversas linhagens que se apresentam em pista". Ele disse ainda que em uma disputa o Braford Brasileiro não perde em nada para o do país vizinho, haja vista a recente conquista mundial, no Texas (EUA). "Nosso touro de Bagé, o Punto Final, da Cabanha Santa Helena, foi escolhido o melhor reprodutor da raça no mundo".

Para o presidente do CDT, Alto Tavares, também presente na comitiva, trata-se de produtos diferenciados. O Braford argentino é composto basicamente pelo cruzamento com o Brahman, o que confere uma uniformidade maior aos lotes. "O momento do Braford na Argentina é fenomenal. É uma das raças que mais cresce quando o assunto é a venda de sêmen. O padrão racial encontrado é muito interessante. São animais precoces, com camiseta, alta fertilidade, carniceiros e aptos a atender o mercado de carne local", explicou Tavares, que voltou da Argentina extremamente impressionado com a receptividade e a adesão dos criadores, que mesmo sob fortes chuvas e frio intenso, não arredaram o pé das arquibancadas. "A maior exposição da história, retrata o momento do Braford na América Latina", opinou.

A reunião da Federação Braford do Mercosul, um projeto de integração criado em 1995 entre os criadores da raça no Paraguai, Uruguai, Argentina e Brasil, além de apresentar as novas diretorias do Brasil e da Argentina ao bloco, serviu para debater os próximos passos da raça no mundo.

"Uma reunião leve, de espírito aberto, com foco na integração. Queremos trabalhar o Braford enquanto bloco, para que a nossa carne seja reconhecida mundialmente pela qualidade e volume encontrados no Mercosul", adiantou Tavares. Em linhas gerais, o que se buscou na primeira reunião do ano foi projetar, a longo prazo, a marca Braford do Mercosul. "Vamos trabalhar enquanto grupo para que ela se imponha no mundo como uma carne de alta qualidade, que satisfaz o gosto dos consumidores mais exigentes pelo sabor, suculência e maciez, disseminando suas qualidades produtivas, buscando uma política econômica e comercial de bloco", acrescentou.

Conforme a diretora de marketing da ABHB, Celina Maciel, que acompanha há anos a exposição no país vizinho, o momento não poderia ser mais especial. "Hora de celebrar a difusão genética da raça e contribuir cada vez mais para o seu reconhecimento internacional". A próxima reunião da FBM já está marcada. Será no dia 11 de julho, no Paraguai, antecedendo o tradicional encontro durante a Expointer, programado para o dia 27 de agosto.

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.