Uruguaiana
Jornal de Hoje

Pansul, Casa Branca e Soldera se destacam no Ranking Angus de 2018

08 Outubro 2018 14:12:00

Gabriela
Foto: Carolina Jardine

Depois de uma série de vitórias seguidas nas pistas de exposições ranqueadas de 2018, a Cabanha São Marcos/Fazendas Reunidas Pansul, de Itapeva (SP), venceu o Ranking Nacional de Expositores Angus de 2018. A propriedade de Rodolfo Bonfiglioli Neto obteve a maior pontuação entre os exemplares de argola. A Estância do Espinilho, de Roberto Soares Beck, de Cruz Alta, ficou em segundo lugar, seguida pela Casa Branca Agropastoril, de Paulo de Castro Marques, de Silvianópolis (MG).

Entre os criadores, a vitória no Ranking Nacional foi para Paulo de Castro Marques, da Casa Branca Agropastoril. A Cabanha São Marcos/Fazendas Reunidas Pansul ficou na segunda colocação, seguida pela Estância do Espinilho, de Roberto Beck.

Na disputa dos rústicos, quem fecha o ano em destaque é a Cabanha Soldera, dos Irmãos Soldera, de Panambi, seguida da Parceria Rotta Assis, da Estância Tradição, de Santa Vitória do Palmar. O criador Joaquim Francisco Bordagorry de Assumpção Mello, da Estância Santa Eulália, de Pelotas, ficou com a terceira colocação.

O Ranking Angus é uma disputa promovida pela Associação Brasileira de Angus que destaca o trabalho apresentado pelos criatórios em exposições ao longo do ano em diferentes regiões do país. Em 2018, o Regulamento do Ranking Angus foi alterado durante Assembleia realizada em março, quando foi aprovado, dentre distintas alterações que facilitem a participação de criadores e expositores, o calendário de provas, pontuando as mostras realizadas até setembro de 2018, finalizando a contagem na Expointer. As demais exposições que ocorreram posterior à Expointer e as que ainda ocorrerão até o final do ano de 2018 serão pontuadas somente para o ranking de 2019.

Segundo o presidente da Angus, José Roberto Pires Weber, a ideia é fomentar o melhoramento constante dos rebanhos puros e a disputa em pista como uma forma de estímulo aos criatórios que participam de exposições. "O ranking reconhece o empenho de criadores e expositores em mostrar as potencialidades da raça Angus em pista. Qualidades essas que se sobressaem no mercado, mas que não teriam a força que têm sem o trabalho de melhoramento realizado por esses pecuaristas", salientou.

Os troféus aos premiados serão entregues durante celebração de fim de ano da Associação Brasileira de Angus a ser realizada no dia 7 de dezembro no Clube Veleiros do Sul, em Porto Alegre. Na ocasião, também será conhecido o vencedor do Mérito Genético 2018, prêmio concedido ao criatório destaque em melhoramento genético.


Ranking Estadual

A Associação Brasileira de Angus também divulgou os vencedores do ranking estadual de criadores e expositores. No Rio Grande do Sul, consagrou-se Roberto Beck, da Estância do Espinilho, como melhor criador e expositor. Sérgio Malheiros da Fonseca, da Estância da Guarita, de Alegrete, ficou em segundo lugar entre os criadores, e Sérgio Bastos Tellechea, da Cabanha do Posto, de Uruguaiana em terceiro. No ranking de expositores, o segundo lugar ficou com Sérgio Bastos Tellechea e o terceiro com Antônio Martins Bastos Filho, da Cabanha São Bibiano, de Uruguaiana.

Nos rústicos, o Ranking Estadual de Expositores sagrou novamente o trabalho de Irmãos Soldera Agropecuária. A Parceria Rotta Assis ficou em segundo, seguida por Caio Vianna, da Cabanha São Xavier, de Tupanciretã.

Em Santa Catarina, vitória de Dorival Carlos Borga da 3 Marias Agronegócios, de Videira (SC) como criador e expositor, seguido pela Cabanha Floripana, de Stephany Martins Melo dos Santos, de Urupema (SC), e pela Fazenda Renascença, de Nelson Serpa, de Campos Novos (SC), em ambas categorias. No Paraná, o ranking de criadores foi conquistado pela Estância Ponche Verde, de José Filippon, de Guaraniaçu (PR).

No Ranking de criadores de São Paulo, venceu Paulo de Castro Marques, da Casa Branca Agropastoril, seguido pela Cabanha São Marcos/Fazendas Reunidas Pansul e Agropecuária Fumaça, de Paranapanema. No ranking de expositores, liderou a Fazendas Reunidas Pansul, seguida por Paulo de Castro Marques e pela Agropecuária Fumaça, em terceiro.

A Angus também divulgou os vencedores do Ranking por animal. O melhor macho de argola de 2018 é Angus Guarita 275TE Cumbiero Zorzal, de Sérgio Malheiros da Fonseca, da Estância da Guarita. A melhor fêmea é PWM Type TEICB 2009 Hitter 02816, da Casa Branca Agropastoril, de Paulo de Castro Marques. Nos rústicos, o prêmio de melhor macho ficou com Santa Eulália Net Worth TE1352, da Estância Santa Eulália, de Joaquim Francisco Bordagorry de Assumpção Mello, e o de melhor fêmea rústica com Soldera 6030 New Direction, da Cabanha Soldera, dos Irmãos Soldera.

O ranking de pai da raça foi vencido por Três Marias 8155 Candelero, e quem receberá o troféu será a empresa Solução Genética, responsável pela comercialização do sêmen do touro no Brasil. O Ranking de pai nacional vai para Reconquista TE2344 Vamp Candelero M Beef, da Reconquista Agropecuária, do criador José Paulo Cairoli. O ranking de Mãe consagrou a genética da Estância do Espinilho com destaque para a vaca Espinilho TE33

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.