Uruguaiana
Jornal de Hoje

Reunião técnica revisa programas da Conexão Delta G

11 Outubro 2018 12:37:00

Nestor Tipa Júnior
Foto: Conexão Delta G

A Conexão Delta G realizou em Dom Pedrito um encontro técnico de forma a discutir seus programas de melhoramento genético realizados pelos criatórios associados que trabalham com as raças Hereford e Braford. Em um primeiro momento o debate ocorreu na sede da Estância Guatambu, onde foram colocados em pauta assuntos técnicos e modificações nas avaliações realizadas pelo grupo. Depois foi a vez de uma visita a Progen Inseminação Artificial para revisão dos novos touros do Teste de Progênie 2018.

De acordo com o presidente do Conselho Técnico da Conexão Delta G, Bernardo Pötter, o encontro, realizado anualmente, tratou de temas de interesse dos associados em relação aos programas e avaliações da entidade. Um dos pontos abordados foi o direcionamento do Programa de Acasalamento Dirigido (PAD) com foco na resistência ao carrapato, expertise que a Conexão Delta G já é reconhecida pelo seu trabalho. "Este é um dos focos primordiais a partir de agora em nossa seleção. O Gensys está puxando para si esta questão, acasalando os touros e vacas resistentes e maximizando outros índices", observou.

Fernanda Brito, consultora do Gensys, esteve presente no encontro e destacou algumas metodologias que devem ser utilizadas no processo do trabalho conjunto com a entidade. "A reunião técnica teve como objetivo, além de rever conceitos da avaliação de campo, discutir assuntos de interesse como habilidade materna e precocidade sexual, apresentando as bases biológicas, correlações com outras características, herdabilidade e estrutura de estimação", salientou.

Na Progen, os associados realizaram a revisão dos touros participantes do Teste de Progênie 2018. Segundo o diretor da empresa, Fábio Barreto, os animais jovens da geração 2016 e que estão com dois anos são selecionados por avaliação genética e dali saem os principais touros que são coletados e o sêmen é distribuído para os usuários da Conexão Delta G, para que se verifique como estes animais reproduzem. "Com isso geramos a informação dos filhos destes touros. Os animais com desempenho superior, são contratados e entram na nossa bateria de comercialização, sendo disponibilizados para o cliente final", destacou.

Alguns dos animais mais destacados da bateria de touros da Progen são oriundos do programa Touro Jovem da Conexão Delta G, como os Braford Capataz, Jarau, Guarani, Lafite, Big Brother, Sinuelo e Nativo e os Hereford Guabiju, Tapera, Clássico e Parceiro. "O que chama a atenção é que dos quatro touros jovens selecionados para este ano, três deles são filhos de touros que já foram touros jovens da Conexão Delta G. Isso coroa o sucesso do nosso programa", pontuou Pötter

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.