URUGUAIANA JN PREVISÃO
Livro

'O livro é um resiliente', diz presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros

Foto: Clara Angeleas/Ministério da Cidadania
Na tarde de segunda-feira, 10/6, o secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, recebeu o presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), Marcos da Veiga Pereira, para tratar de políticas para o setor. Além da regulação de valores praticados por grandes empresas do ramo virtual, os presentes também tiveram a oportunidade de debater sobre a indústria do livro e tendências editoriais, como o audiolivro.

Durante o encontro, o presidente do SNEL entregou a Henrique Pires o estudo "Desempenho Real do Mercado Livreiro", elaborado com base nas propostas desenhadas pelo Grupo de Trabalho (GT) do Mercado Editorial no Brasil. Criado em julho de 2018, o GT teve o objetivo de elaborar um diagnóstico do setor no País e propor medidas legislativas e ações de financiamento.
Sobre a crise no setor, que gerou a quebra de duas grandes redes de livrarias brasileiras, o presidente do SNEL disse acreditar no futuro do livro, ainda que o modelo de negócio para a área esteja mudando. "O livro é um resiliente, já sobreviveu a todo tipo de tecnologia. É a primeira forma de disseminação de ideias", disse. Ao final da reunião, Veiga convidou o secretário para a abertura da XIX Bienal Internacional do Livro do Rio, no dia 30 de agosto. Henrique Pires aceitou o convite.
Também estiveram presentes ao encontro o consultor Thales Ribeiro e a coordenadora-geral de Leitura, Literatura e Economia do Livro da Secretaria de Economia da Cultura da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Ana Cristina Araruna.
Com informações da Secretaria Especial da Cultura.

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181