Uruguaiana
Jornal de Hoje

AEU vence o América e está entre as quatro melhores equipes do futsal gaúcho

06 Novembro 2018 14:21:00

Larissa
Foto: Divulgação AEU

Em um jogo eletrizante e emocionante até o último segundo, a Associação Esportiva Uruguaianense (AEU) conseguiu vencer o América, em Tapera, na prorrogação, na última sexta-feira, 2/11. Após derrota no tempo normal, o tricolor da fronteira conquistou a vaga para a semifinal da Liga Gaúcha de Futsal - Série Ouro 2018, igualando melhor marca do clube 24 anos depois.

A AEU foi a Tapera com a consciência de um jogo que seria de extrema dificuldade. O adversário, equipe que nos últimos dois anos se consolidou como a quarta força do estado e fez uma primeira fase espetacular terminando na terceira colocação. Além disso, jogaria em frente ao seu torcedor, que lotaria as arquibancadas do Poliesportivo, onde o América é quase imbatível.

Mas para quem nos últimos anos se acostumou a fazer o que muitos diziam impossível, a Associação sabia que poderia sim novamente fazer história, e não estava sozinha, mais de 150 pessoas saíram de Uruguaiana para acompanhar o tricolor da fronteira em Tapera, ocupando seu espaço no Poliesportivo e fazendo uma linda festa, para empurrar a AEU rumo a semifinal.

O jogo começou intenso, com o América tomando a inciativa do jogo, já que teria que reverter a vantagem da AEU no tempo normal para levar a partida para a prorrogação. E aos cinco minutos a pressão da equipe da casa teve efeito, em um roubada de bola e saída rápida em contra-ataque, o pivô Matheus Gaúcho rolou a bola para o experiente ala Jonathan que vindo de trás finalizou sem chances para o goleiro Edu, fazendo América 1 x 0. A AEU não sentiu o gol, e equilibrou o jogo, criando boas oportunidades que pararam em grandes defesas do ótimo goleiro Ban. E o primeiro tempo acabou com a vitória parcial da equipe do América.

No segundo tempo, o jogo se manteve muito equilibrado, o América tendo mais a posse de bola, mas a AEU levando muito perigo quando ia ao ataque. Na segunda metade da etapa complementar, a equipe da fronteira foi em busca do gol de empate, que lhe daria a vaga para a semifinal, mas em finalizações de Serginho e Ceccatto, Ban fez milagres e evitou o gol da AEU. Logo após uma chance muito clara onde Serginho acabou desperdiçando o gol, o América saiu em contra-ataque e foi fatal, a bola foi rolada para o pivô Matheus Gaúcho que empurrou a bola para o fundo da rede, sem chances para Edu, fazendo América 2 x 0 e levando o Poliesportivo a loucura. O técnico da AEU, Sandro Colvero pediu tempo e voltou com Felipe de goleiro linha para buscar o resultado. A estratégia estava dando certo, mas as finalizações paravam na defesa do América ou em intervenções de Ban. A insistência acabou premiando a equipe da fronteira que aos 19 minutos conseguiu descontar com o camisa 10 Felipe Monteiro. Porém segundos após a saída de bola o América cavou a 6ª falta e na cobrança do tiro livre o fixo Valença fez o terceiro do América e deu números finais ao tempo regulamentar, América 3 x 1 AEU.


Prorrogação

Devido à vitória por 4 a 0 na primeira partida, a AEU garantiu que haveria no mínimo a prorrogação, e com a vitória a equipe do América conseguiu forçar a prorrogação. Só que a situação era muito complicada para a equipe da fronteira, já que na prorrogação, a vantagem do empate era da equipe de Tapera, e para piorar, a AEU entrava na prorrogação com as faltas "estouradas" e qualquer falta marcada seria tiro livre. A prorrogação começou com a AEU tomando a iniciativa do jogo, e logo se viu que a equipe da fronteira estava mais inteira em quadra, forçando o América para sua quadra defensiva e criando boas oportunidades. E em uma ótima jogada, aos três minutos do primeiro tempo da prorrogação, Pedala achou Gui Falcão, que recebeu na lateral da trave e teve a tranquilidade para empurrar a bola para o fundo das redes, AEU 1 x 0. Festa dos 150 uruguaianenses em Tapera, e a AEU estava em vantagem para a obtenção da vaga. A equipe do América tentou no primeiro tempo uma pressão que não surtiu efeito devido a uma defesa muito bem postada e ótimas intervenções do jovem e promissor goleiro Edu. No segundo tempo da prorrogação, o técnico Morruga colocou o América para o ataque na busca pelo resultado que lhe daria a vaga, e com isso utilizando a tática do goleiro linha empurrou a AEU para a defesa. Com ótimos passadores o goleiro linha do América foi muito bem executado, mas encontrou uma forte e aguerrida marcação da AEU, com Cleitão, Ceccatto, Lucas Otanha e Rafa, e o goleiro Edu inspirado fazendo grandes defesas quando a bola passava a linha de marcação. E assim foi até os últimos segundos, onde faltando dois segundos o América teve um escanteio a seu favor e na cobrança o artilheiro da equipe Matheus Gaúcho errou o chute e as sequência do lance o relógio zerou, dando fim a partida, com a vitória da AEU na prorrogação. Festa dos jogadores com a torcida e a história sendo feita. A Associação, em seu ano de reestreia na Série Ouro e 24 anos depois, está entre as quatro melhores equipes de futsal do estado.

O confronto da semifinal será contra a tradicional equipe da ACBF de Carlos Barbosa, em datas ainda a serem definidas, onde o primeiro jogo será em Uruguaiana, seguramente com o Schmitão lotado e a segunda partida em Carlos Barbosa.

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.