Uruguaiana
Jornal de Hoje

Formação de Professores e Gestores Escolares é realizada em Uruguaiana

02 Agosto 2018 13:23:00

Larissa
Foto: Jéssica Pacheco

Seguindo o roteiro do Curso de Formação de Professores e Gestores Escolares, a equipe da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) esteve na terça, 31/7, e quarta-feira, 1º/8, em Uruguaiana.

As formações fazem parte de um convênio assinado entre o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede), Governo do Estado do Rio Grande do Sul e Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul (Seduc), e começou a ser executado na última segunda-feira, 30/7, em Itaqui. A capacitação está sendo realizada pela Urcamp, e cumpre uma demanda da Consulta Popular 2016/2017, quando a verba foi destinada à educação. Até o dia 11/8, mais de 1440 professores terão seus certificados, em nove cidades que compõem as fronteiras campanha e oeste.

As atividades estão sob responsabilidade das professoras Jane Vilaverde, de Alegrete, e Dilossane Vargas, de São Borja, ambas da Instituição. Uruguaiana inscreveu 100 alunos, divididos em duas turmas para esta primeira etapa do curso, que foi realizado na Escola Estadual de Ensino Médio Marechal Cândido Rondon. A abertura oficial contou com a presença da 10ª Coordenadoria Regional da Educação (10ª CRE), Conselho Regional de Desenvolvimento da Fronteira Oeste (Corede/FO) e Urcamp.

Em Uruguaiana, a 10ª CRE promoveu uma abertura oficial, realizada no auditório da escola, tendo por objetivo reunir professores e gestores em um momento de apresentação do curso. Quem iniciou a fala foi a coordenadora da 10ª CRE, Sara Elizeth Duzac Cardoso, que, já foi diretora da Escola Rondon. "Hoje estou na Coordenadoria, mas aqui me sinto em casa, por isso oferecemos o colégio para sediar as aulas neste primeiro momento", comentou. Para os 100 inscritos da noite, ela frisou a importância da educação. "Nós precisamos compreender a importância que a educação e de buscarmos, cada vez mais, esse incentivo à formação de professores", resumiu.

A cerimônia teve sequência com o presidente do Corede da Fronteira Oeste, Hildebrando Santos, que fez um apelo ao movimento em prol da Consulta Popular. "Nós, enquanto Corede Fronteira Oeste, buscamos na comunidade o apoio e o entendimento da importância do voto de cada um. Foi através dele que nós conseguimos oportunizar que a cédula elegesse como prioridade a educação. Esse curso é reflexo do esforço conjunto, de um trabalho grande junto à Urcamp e ao Governo do Estado que compreendeu que a formação de professores e gestores é essencial para a nossa educação", ressaltou.

Elisabeth Drumm, pró-reitora de inovação, pós-graduação, pesquisa e extensão da Urcamp, fez a apresentação das duas professoras que ministram o curso nestes dois dias: Jane Vilaverde, de Alegrete, e Dilossane Vargas, de São Borja, ambas do quadro docente da Instituição Comunitária. Na ocasião, também representou a reitora da Urcamp, professora Lia Maria Herzer Quintana, que é, ainda, presidente do Corede Campanha. "Trago, aqui, os cumprimentos da professora Lia Quintana, e é importante deixar claro que foi o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas, o Comung, através de 11 de suas instituições de ensino, que pensaram com muito carinho estes dois cursos para vocês. Saibam, desde já, que houve um empenho muito grande para poder refletir sobre a realidade de cada região, já que o curso acontece em todo estado. Mas, o mais importante é frisar que este curso só está acontecendo graças a vocês, professores".

A equipe de trabalho da Urcamp foi recebida pelo diretor Miguel de Ávila Filho e vice-diretor Lucas Domingues da escola Rondon, que também estão fazendo o curso na categoria de Gestores Escolares. Para Miguel, que é professor há 35 anos e já teve mais de cinco cargos na área de direção escolar, é necessário, muitas vezes, mudar a lente dos óculos. "Nós não somos donos do conhecimento. Estamos sempre os agregando e é necessário limpar os óculos, mudar o grau; às vezes tu achas que está vendo tudo perfeito, mas é apenas a falta de visitar um oftalmologista e averiguar; e é aí que tu muda. Muda as tuas lentes para ver tudo sob um novo ângulo. Precisamos investir em nossos olhos para mudar nossos conceitos e analisar o que está à nossa volta, destruindo conceitos enraizados no que vivemos e, muitas vezes, em nós mesmos. É somente desta forma que vamos ver sob uma nova ótica, e esse curso vem ao encontro desse pensamento", comentou o diretor que está completando três anos com sua equipe na gestão da escola. Para o vice, o curso agrega novos conhecimentos. "Ele vai nos agregar pois traz a possibilidade de renovar o nosso conhecer; a formação permite que nós possamos trocar conhecimentos, além de nos instigar a estudar, pois o curso não acontece só aqui, no presencial. Ele vai para casa, junto contigo, em atividades que precisam ser completadas à distância. Esse prazo estendido faz com que nós tenhamos que dispor de um tempo a mais para completar a sua jornada", refletiu Lucas.

Com colaboração da jornalista Jéssica Pacheco.

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.