URUGUAIANA JN PREVISÃO
ÍNDICES CRIMINAIS

Julho registra queda de 22,7% nos homicídios no Estado

Os dados da criminalidade divulgados pela Secretaria de Segurança Pública apontam que o segundo semestre do ano iniciou com aprofundamento da redução de crimes. Em comparação com o mesmo período do ano passado, julho registrou uma queda no número de vítimas de homicídios no Estado de 18,7%, caindo de 171 para 139. No acumulado desde janeiro, o resultado é ainda mais expressivo: foram registrados 1 109 assassinatos, quando no ano passado o número de crimes ficou em 1 435 no mesmo período, uma diminuição de 22,7%. 

Latrocínios, que são roubos com morte, tiveram queda de 32,8% na soma dos sete meses de 2019, com 39 casos contra os 58 de igual intervalo no ano passado. Este é o menor número desde 2009, quando houve 33 latrocínios. Na observação isolada de julho, a baixa atinge 42,9% - de sete ocorrências em 2018 para quatro neste ano.

Outro destaque é a leitura dos resultados nos 18 municípios priorizados pelo programa transversal e estruturante RS Seguro. Os dados mostram que esse conjunto de cidades foi responsável por nove em cada dez das vidas preservadas no Estado entre janeiro e julho de 2019, na comparação com o total de homicídios em igual período do ano passado. Vale destacar que Uruguaiana não entrou na lista dos 18 municípios priorizados pelo programa.

Além dos crimes contra a vida, a grande maioria dos outros delitos monitorados pela SSP registrou redução no Estado. No acumulado de sete meses, foram 3,1 mil roubos de veículos a menos neste ano na comparação com igual recorte em 2018, passando de 10 064 casos para 6 897, uma queda de 31,5%.

Os ataques a banco diminuíram 33%. A soma de furtos e roubos a instituições bancárias caiu para 68 ocorrências entre janeiro e julho de 2019, contra 101 registradas no ano anterior. Também houve quedas de 9,4% nos roubos (de 43.923 para 39,816), 12,3% nos furtos de veículos (de 8 689 para 7 619), de 14,8% nos furtos (82.141 para 69 951) e de 24% nos roubos a transporte coletivo, incluindo passageiros e motoristas (1 901 para 1 450).

Número de feminicídios aumentou

Já o número de feminicídios registrados em julho aumentou em comparação ao mesmo período de 2018. Foram 15 assassinatos contra oito no ano passado.

Na comparação dos acumulados entre janeiro e julho de 2018 e 2019, porém, se mantém a queda geral na violência contra mulher. Ainda na comparação mensal, todos os demais indicadores monitorados pela SSP registraram queda. As tentativas de feminicídio em julho passaram de 33 para 22, as ameaças reduziram de 2 868 para 2 533, as lesões corporais foram de 1 432 para 1 345, e os estupros, de 121 para 111.

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181