Uruguaiana
Jornal de Hoje

Heinze estará no Senado em 2019

09 Outubro 2018 15:46:00

Gabriela Barcellos
Foto: Divulgação

As eleições no Rio Grande do Sul confirmaram as pesquisas eleitorais no que diz respeito à disputa ao Palácio Piratini, no entanto, surpreenderam no que diz respeito ao Senado. Na véspera do pleito, o progressista Luis Carlos Heinze aparecia na quarta colocação nas pesquisas de intenção de voto.

No entanto, o experiente político - e aliado do prefeito Ronnie Mello - surpreendeu os adversários e foi eleito senador na primeira colocação, com 2.316.365 votos, 21,94% dos votos válidos. Esta foi sua primeira eleição ao Senado, mas ele repete um excelente desempenho, como na eleição de 2014, em que foi o deputado federal mais votado no Estado.

Natural de Candelária, mas vivendo em São Borja há mais de 30 anos, Heinze incialmente foi disputaria o governo do Estado, mas a coligação em nível nacional entre PP e PSDB, em que Ana Amélia Lemos, senadora progressista, concorreu a vice de Geraldo Alckmin, mudou os rumos do partido no Estado, que acabou apoiando o tucano Eduardo Leite.

A segunda vaga ficou com Paulo Paim (PT), com 1.875.245 votos, 17,76% dos votos válidos. Natural de Caxias do Sul, o petista vai para o terceiro mandato no Senado

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.