Uruguaiana
Jornal de Hoje

'Mini lixões' tomam conta do município

08 Fevereiro 2019 17:36:00

Larissa
Foto: Jairo Souza/JC

Não é de hoje que se tem observado diversos pontos de lixo pela cidade. O descarte irregular tem se tornado comum, é o que registrou o fotógrafo do CIDADE nesta semana.

Além disso, o acúmulo de lixo propicia a proliferação de focos de mosquito da dengue. O Município também sofreu com os bueiros transbordando de detritos no início de janeiro, o que alagou diversas ruas.

No mês passado, inclusive fizemos matéria sobre como descartar objetos grandes, como sofás, armários. O secretário de Infraestrutura Urbana e Rural (Semiur) Frederico Pellegrini orientou que lixo como armários, sofás e outros objetos grandes que venham a ser descartados devem ser desmontados, ensacados e colocados nas lixeiras de suas residências. A Urban recolhe este material, desde que descartado em volume menor.

Ontem, 8/2, conversamos com o secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal (Sema), Darlan Fagundes Moura, que fez a mesma orientação e disse que a pasta tem trabalho em conjunto com a Semiur e a Ronda Ostensiva Municipal Urbana (Romu) no combate ao descarte irregular de lixo. "A gente está fazendo vistorias nesses minis lixões, com equipes de fiscais na rua tentando identificar as pessoas que descartam o material para flagrar. No momento que a gente tiver flagrante, com a Romu a gente atuar, apreender a carroça e cavalo", explicou. "A gente pede que quem quer descartes móveis e outros objetos não entregue para quem não tem a competência do recolhimento. A própria empresa que recolhe o lixo leva árvores, galhos, móveis se estiverem desmontados e acondicionados em sacos", orientou. Sobre o lixo eletrônico, o município realiza coleta periodicamente. A próxima, no entanto, deve acontecer em junho.


Pneus

Desde 14 de junho de 2018 Uruguaiana não tem Ecoponto, pois foi consumido por incêndio que atingiu o local. No entanto, o titular da Sema, disse que desde novembro, vem uma empresa, uma ou duas vezes por mês, ao município que recolhe os pneus. Os donos de pelo menos 80 borracharias são avisados, a Sema pede que os proprietários peguem autorização para descarte, que é levada no local do antigo ecoponto, onde fica o caminhão recebendo o material. O próximo recolhimento acontece quinta-feira, 14/2. De acordo com Moura, quem fizer o descarte irregular será autuado. São recolhidas cerca de 14 toneladas de pneus a cada vinda deste caminhão.


Multa

Quem é flagrado descartando lixo irregularmente é encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, onde é registrada ocorrência e a pessoa responde por crime ambiental, enquadrado em legislação federal.

No município, a Lei 3.082, de 2001, prevê multa de até 100 URM para quem for flagrado descartando lixo. De acordo com a secretária adjunta da Sema, Sheila Ripoll, muitas pessoas já foram multadas por descarte em locais como o antigo lixão, por exemplo. O fiscal ambiental faz a avaliação, enquadra a multa e a pessoa responde processo administrativo.

Imagens

Jn-CIDADE-selo-M&M.jpg

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados | Suita Sistemas.