URUGUAIANA JN PREVISÃO

em bagé

Evolução genética na ovinocultura estará à mostra na 15ª Agrovino

A 15ª edição da Agrovino contará com 298 animais a galpão e 57 trios, totalizando 469 animais, recorde em relação a edições anteriores e alta de 35% em relação ao ano passado, com 347 exemplares. Na pista do parque da Associação e Sindicato Rural de Bagé (RS), os exemplares vão desfilar durante os julgamentos das raças expondo o melhor da genética dos criatórios. Além disso, os negócios também farão parte da feira com a comercialização em quatro leilões ao longo do evento organizado pela Associação Bageense de Criadores de Ovinos (Abaco) e Associação e Sindicato Rural.

Segundo estimativas da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), o rebanho nacional já ultrapassa as 20 milhões de cabeças. "É impressionante como ano após ano os criadores vêm melhorando em genética, manejo e nutrição dos plantéis do Rio Grande do Sul e todo esse trabalho reflete nas exposições. Hoje o Estado exporta muito material genético para diversas regiões do Brasil. É lamentável que devido a status sanitários não podemos exportar para outros países", avalia o presidente da Abaco, Gustavo Velloso.

A expectativa é de que pelo menos se registrem os números de comercialização do ano passado, de R$ 1,67 milhão. Quatro remates compõem a programação. No dia 12 de janeiro acontecem os remates Quatro Amigos e Deleboca e Pampa Texel. No dia 13 de janeiro é a vez do rematão da Agrovino, com 1,5 mil animais confirmados. Encerrando, no dia 14 de janeiro ocorre o remate da São Matheus.


Evolução genética na ovinocultura estará à mostra na 15ª Agrovino Anterior

Evolução genética na ovinocultura estará à mostra na 15ª Agrovino

South Summit Brazil prorroga inscrições da Competição de Startups Próximo

South Summit Brazil prorroga inscrições da Competição de Startups

Deixe seu comentário